segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Encontro Nacional Conectando Mundos

Foi no dia 22 de Novembro que decorreu em Lisboa o III Encontro Nacional do projecto "Conectando Mundos".

Neste encontro, estiveram presentes 34 professores, oriundos de todo o país para debater o tema "a escola no mundo e o mundo na escola". A nossa escola esteve representada pelo professor Coordenador do projecto.

Com a participação de professores novatos no Encontro, foi necessário descontraí-los, daí a criação de uma performance que consistiu num jogo de expressão dramática, "A Tempestade". Este momento divertido, a cargo do professor representante da nossa escola, para além de permitir que todos se conhecessem melhor, foi o ponto de partida para um trabalho exaustivo, mas fundamental para dar a conhecer toda a dinâmica, que se pretende com o tema a ser desenvolvido com os alunos nas escolas.
Seguiram-se algumas apresentações com trabalhos passados de alunos, assim como o DVD com outros trabalhos de várias escolas e de vários países.
Houve discussão, dúvidas, esclarecimentos e a certeza de que vai valer a pena a participação, pela riqueza dos conhecimentos e basicamente pela aprendizagem que os alunos vão poder obter, rumo a uma Educação para uma Cidadania Global.

Núcleo de Educação Ambiental

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Projecto Conectando Mundos: educar para uma cidadania global

Tem sido com muito agrado, que todos os dias vejo professores da nossa escola, a inscrever as suas turmas no "Projecto Conectando Mundos, Alterações Climáticas" tendo em foco o modelo energético e os transportes.
Neste momento temos mais do dobro das turmas inscritas, relativamente ao ano passado. Já valeu a pena a divulgação pelos Coordenadores de Departamentos.

Porquê participar? Porque...

- Potencia nos alunos e professores atitudes e valores que permitem conhecer e entender melhor a realidade envolvente e, desta forma, participar activamente na construção de um mundo sustentável;

- Permite que o conhecimento seja construído através de processos participativos de aprendizagem;

- Oferece novas metodologias de trabalho relacionadas com a utilização das TIC;

- Torna a diversidade cultural, linguística e social um recurso de participação e aprendizagem.

O III Encontro Nacional deste projecto tem como tema "A escola no mundo e o mundo na escola" e a finalidade dele é: Promover um espaço de intercâmbio de conhecimentos e de experiências entre professores interessados na Educação para a Cidadania Global (ECG).
A nossa escola vai estar presente, através do coordenador do Projecto Eco Escola.

Núcleo de Educação Ambiental

Entrega da Bandeira Verde na DREN

Como é do conhecimento de todos, a nossa escola foi sujeita a uma auditoria pela DREN, no âmbito do Projecto Eco Escolas no ano lectivo 2007/2008.
Esta auditoria, excedeu as nossas expectativas devido à forma como os representantes da DREN se entusiasmaram, com as actividades que temos levado a cabo ao longo destes anos que somos Eco Escola. Assim, a auditoria foi aprovada e tendo-nos sido atribuída a Bandeira Verde, símbolo de escola ecológica, a DREN quis associar-se ao feito e vai no próximo dia 22 deste mês em sessão solene para o efeito, fazer a entrega deste símbolo às escolas da região norte que o têm e cujo programa podem ver junto. O Coordenador do projecto, o Presidente do Conselho Executivo (Professor Alfredo Lima) e o representante dos alunos desta escola, António Germano Freitas da Rocha, nº 3 da turma B do 7º ano, vão estar presentes em representação da comunidade escolar da nossa escola.

Núcleo de Educação Ambiental

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Projecto Comenius

Os professores (ingleses e franceses) das escolas parceiras no Projecto Comenius, estiveram nos dias 8, 9 e 10 deste mês na nossa escola em visita de estudo.
Devido ao interesse demonstrado por estes, nos projectos ambientais que a nossa escola tem participado, aquando da nossa visita a Inglaterra, o Departamento das Expressões preparou para o dia 10, quatro ateliers para demonstração das suas actividades ligadas à reutilização de resíduos sólidos. Assim, nas salas B12, B14 e C13, os professores Augusta Fernandes/Domingos Ferreira, Marta Lopes/Paula Araújo e Maria Salomé/Maria dos Anjos, planificaram várias actividades de exemplificação e aprender/fazendo para esses professores. Apesar do tempo para o efeito ser escasso, foi possível reutilizar diversos materiais, construindo alguns objectos. Os professores puderam transformar, aprendendo técnicas simples para poderem ensinar os seus alunos.
Por fim foi feita uma apresentação multimédia das actividades ambientais que têm sido levadas a cabo na nossa escola. A tradução foi feita para inglês e francês ler e ver. Estas são algumas das muitas imagens de actividades ambientais, com os nossos alunos, passadas na apresentação.

















segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Subida do Rio Poio em Concurso Fotográfico

No passado Sábado, dia 27 de Setembro de 2008, três professores da Escola Básica 2/3 Bernardino Machado em Joane participaram na Subida do Rio Poio em Concurso Fotográfico.
Estes professores estavam habituados a participar em passeios ligeiros, onde a conversa e o convívio permitia passar umas horas de diversão em amena cavaqueira. Desta vez aconteceu isso e muito mais, pois subir o rio Poio é um desafio radical constante, onde o perigo espreita a todo o momento. Foi subir e descer penedos íngremes, escarpas com rabinas impressionantes, mas de uma beleza invulgar. Quando me lembro das imagens dos locais por onde passamos dá-me arrepios no corpo que me levam a pensar na loucura que cometemos fazendo o percurso total. Foram cinco longas horas de muito sofrimento, de descoberta de locais lindíssimos, onde só é possível ver e sentir tanta adrenalina fazendo a subida do rio.
Paralelamente houve o concurso fotográfico e dos doze participantes, um dos representantes da nossa escola ganhou o concurso, tendo para o efeito erguido o trofeu, em jantar de encerramento no Restaurante "Botas", junto à vila de Cerva. O trofeu ,vai ser entregue ao Presidente do Conselho Executivo, Professor Alfredo Lima oportunam,ente.
Nota: O rio Poio nasce no concelho de Ribeira de Pena, percorre vários kilómetros ao longo de escarpas de difícil acesso até desaguar no Rio Louredo, afluente do rio Tâmega.



Núcleo de Educação Ambiental

domingo, 28 de setembro de 2008

Entrega do Galardão, Bandeira Verde - Torres Vedras 26 Setembro 2008


A entrega do Galardão, Bandeira Verde, apesar de ser um acto simbólico, é acima de tudo um momento de reconhecimento do trabalho dos alunos e professores nas escolas, bem como uma mostra das potencialidades das temáticas desenvolvidas. Estiveram patentes em exposição todos os Eco Códigos das escolas participantes. Aqui pudemos ver o nosso eco código entre tantos outros (621), qual deles o mais criativo, no desenho e na mensagem que transmitem. Os ateliers presentes possibilitaram ver e fazer transformações de materiais, reutilizando e reciclando. As exposições não ficaram por aqui, pois no exterior havia uma diversidade muito grande da aplicação de materiais reciclados e reutilizados, dando uma outra perspectiva de como se pode dar uma outra vida aquelas materiais que normalmente deitamos fora. No campo da Energia houve o concurso de carros movidos a energia solar com eliminatórias muito disputadas e onde também não foi descurada a criatividade dos modelos. Trotinetes, triciclos, cavalos não faltaram para os alunos experimentarem. Enfim, tudo isto, antes da sessão solene da entrega dos diplomas aos vencedores do eco código e entrega do galardão às escolas, por distrito. Entre a entrega dos diplomas e o galardão, os presentes puderam ouvir o cantor André Sardet que cantou 3 dos seus êxitos mais recentes, assim como alunos de outras escolas darem outro colorido à festa com as suas canções e representações. Finalmente a entrega do Galardão às escolas. Quando chamaram a nossa, foi um orgulho muito grande para nós ouvir bem alto o nome da Escola Básica 2/3 Bernardino Machado em Joane. Por sorteio foi designada a aluna Carla que de sorriso estampado de felicidade foi aplaudida por todos nós.
Finalmente após nos presentearem com um lanche, regressamos todos contentes à nossa escola.

Núcleo de Educação Ambiental

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Entrega do Galardão, Bandeira Verde

Vai ser entregue amanhã, dia 26 de Setembro em Torres Vedras, a Bandeira Verde, símbolo de escola ecológica.
Os alunos: Catarina Raquel, António Germano, Danielle Gomes, Fernanda, Bruna Daniela, Carla Patrícia e Pedro, do 7º ano, turma B, vão receber este símbolo que é um orgulho para toda a comunidade da Escola Bernardino Machado. No entanto, temos consciência que o nosso comportamento ambiental ainda pode melhorar, por isso, estamos empenhados em participar activamente na procura de soluções que levem a nossa comunidade a modificar e activar essa educação.

Núcleo de Educação Ambiental

Projecto Conectando Mundos, Alterações Climáticas

Decorreu de 19 a 21 de Julho de 2008, o Seminário Internacional Conectando Mundos, na cidade de Cortona-Toscánia-Itália.
A nossa escola esteve representada pelo Coordenador do projecto.
Este seminário, organizado pelas entidades UCODEP Itália, CIDAC Portugal, INTERMÓN OXFAM Espanha e INIZJAMED Malta que coordenam também o projecto on-line a nível mundial. Participaram no projecto este ano, turmas de Espanha, Portugal, Itália, República Dominicana, Tanzânia, Malta, Quénia, Argentina, Colômbia, Cabo Verde, Honduras, Marrocos, México e Peru, num total de 1110 turmas. A temática deste ano, foi Alterações Climáticas, com sub temas ligados a esta problemática, para níveis etários dos 6-8 anos, 8-10 anos,l0-12 anos, 12-14 anos e 14-17 anos.
Neste Seminário, foi feita a apresentação dos trabalhos realizados pelos alunos, assim como o apontar de novos desafios, estratégias adequadas que visam o futuro e continuidade, uma maior facilidade de comunicação e alargamento do projecto, a mais turmas e mais países.
O trabalho foi muito intenso, a aprendizagem, a troca de experiências, a partilha de saberes, a junção de sensibilidades, enfim, um constante desafio de para todos.
Para quem não conhece o projecto Conectando Mundos, este, visa em contexto escola, a Educação para a Cidadania Global e é uma proposta que vai para além de estudo dos conteúdos concretos. A Educação para a Cidadania Global, inclui na prática educativa a educação para as emoções, como componente fundamental do desenvolvimento cognitivo e da aprendizagem para a convivência, integrando o pensar, o sentir e o agir. No Manifesto Internacional da Educação para a Cidadania Global, apresentado em Cortona, diz que "É necessário promover a Educação para a Cidadania Global na escola, no âmbito da educação para a vida. Entende-se como tal uma educação que contribui para a formação de cidadãos e de cidadãs responsáveis, comprometidos com a justiça e a sustentabilidade do Planeta, que promove o respeito e a valorização da diversidade como fonte de enriquecimento humano, a defesa do meio ambiente e o consumo responsável, o respeito pelos direitos humanos individuais e colectivos, a igualdade de género, a valorização do diálogo como instrumento para a resolução pacífica dos conflitos, a participação, a co-responsabilidade e o compromisso pela construção de uma sociedade justa, equitativa e solidária".


Núcleo de Educação Ambiental

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Actividades do final do ano lectivo. Dias Mundial da Criança e Eco Escola

Nos dias 5 e 6 de Junho de 2008, tivemos o encerramento das actividades lectivas, comemorando o Dia Mundial da Criança e Dia Eco Escola. Assim, todos os Departamentos do Agrupamento trabalharam intensamente para proporcionar aos nossos alunos momentos divertidos, mas também de aprendizagens. As actividades propostas para estas efemérides, tiveram em atenção, os interesses e anseios dos nossos alunos.
Todos os alunos do Agrupamento, desde o Pré Escolar aos alunos do 9º ano, puderam, brincar, jogar, pensar, observar, experimentar, divertir e conviver. . Foi bonito ver nos alunos a felicidade estampada nos olhos quando tocaram e manipularam mecanismos e brinquedos feitos com a reutilização de materiais diversificados, quando fizeram experiências nos laboratórios, quando jogaram nos computadores, quando modelaram bolachas e comeram, quando mostraram talento e fizeram poesia, quando ouviram histórias e contos representados e foram actores, enfim, quando expandiram toda a sua energia e todas as suas potencialidades num envolvimento global de cooperação e colaboração entre pares.


Núcleo de Educação Ambiental

sábado, 17 de maio de 2008

Questionário sobre "Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

O preenchimento do questionário sobre o projecto, permitiu voltar a reflectir sobre o trabalho desenvolvido e muito mais. Esta reflexão, irá ser o objecto de análise daqueles que superintendem o pensamento de todos nós, e, com ele, poderão influenciar aqueles que detêm o poder sobre o mundo, e assim, tomarem as decisões mais adequadas à mudança. Se isto acontecer, iremos ter um mundo mais justo e melhor para o bem estar de todos.
Segue abaixo, o questionário referente à nossa participação.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Clube de Reciclagem de Plásticos


Alguns alunos das turmas do 5ºA, 5ºH, 6ºF e 6º G, frequentam este clube entre as 11.50 e as 13.20 horas à quinta-feira, tempos estes de forma voluntária e de ocupação livre.
Sob a orientação da Profª Augusta Fernandes, estes alunos transformam resíduos (embalagens) em objectos muito interessantes. Conforme as fotos abaixo, estes são alguns dos elementos produzidos, tendo sido expostos nos espaços verdes do nosso jardim, tornando-os mais bonitos e esteticamente mais atrativos aos nossos olhos.
Resta ainda referir, que estes alunos têm demonstrado muito interesse nas tarefas propostas, assim como vontade em produzir cada vez mais objectos.
Importância dos plásticos
Os plásticos constituem cerca de 9,5% do peso da totalidade dos lixos domésticos e são materiais produzidos a partir de recursos naturais como o petróleo, o gás natural, a hulha e o sal comum
O seu consumo aumentou muito desde o seu aparecimento no mercado, devido às suas extraordinárias características físicas e químicas e diferentes aplicações possíveis, e ainda ao seu preço; mas algumas destas propriedades pressupõem uma curta vida activa, e consequentemente um rápido aumento da corrente de resíduos, como é o caso das embalagens.
Os materiais plásticos tornaram-se ao longo dos anos o material de embalagem predominante. Por via da sua enorme versatilidade, durabilidade e múltiplas capacidades, este pode tornar-se no mais reciclável dos materiais. No entanto em 1990, só 1% deste material era reciclado.

Importância da recolha selectiva
Os materiais plásticos representam uma pequena percentagem em termos de peso dos RSU. Contudo, dada a sua baixa densidade, ocupam uma elevada percentagem em termos de volume (cerca de 30 a 40%).
Todos os materiais plásticos são recicláveis. Em Portugal reciclam-se anualmente milhares de toneladas provenientes, na maior parte, de resíduos da indústria. O plástico pode entrar novamente no processo produtivo e dar assim origem a novos materiais.

Vantagens da reciclagem dos plásticos
De uma maneira geral, a vantagem da reciclagem é dupla, porque, por um lado, reduz o volume final dos resíduos (calcula-se que a nível Europeu, cerca de 25% do lixo urbano possa ser a curto prazo reciclado), e por outro, a recuperação dos resíduos e a sua reutilização assegura a economia de matérias primas e de energia, constituindo uma alternativa para as oscilações do mercado abastecedor e preservação dos recursos naturais, podendo reduzir inclusivamente os custos das matérias primas.
Na reciclagem de plásticos misturados são produzidos plásticos com características tais que em certas aplicações podem substituir a madeira (sendo mais duráveis). Exemplos de produtos fabricados com este tipo de plástico reciclado são elementos de mobiliário urbano como bancos de jardim, paragens de autocarros ou contentores para recolha de resíduos.
A reciclagem do plástico permite assim, entre outras coisas, a: poupança de matérias-primas não renováveis, como o petróleo; redução do consumo de energia na fabricação de materiais plásticos; transformação de produtos de vida curta (embalagens), em produtos de vida longa; redução dos encargos com a remoção e tratamento de RSU.
Núcleo de Educação Ambiental












terça-feira, 29 de abril de 2008

Reutilização de matérias no Club das Artes


Os alunos do 6º F, Ana Martins, Catarina Costa, Tânia Silva, Ana Mirra, Joana Araújo, Helena Gomes, Cláudia Lopes e Ana Rita Ferreira, sob a orientação da Prof. ª Salomé Viana e Maria dos Anjos, estão a reutilizar matérias diversificadas na construção de objectos para utilização no dia a dia. Deve-se referir ainda, que estes alunos frequentam este club nas horas vagas, o que é de enaltecer, assim como todo o empenho e entusiasmo demonstrado nas sessões.
Quando encontramos num pacote de iogurte ou de leite o símbolo com as setas apontando para um percurso circular, sugerindo um regresso ao princípio, imaginamos que os materiais que constituem a embalagem podem ser reaproveitados para fazer uma nova embalagem, idêntica à anterior. Contudo, para isso seria necessário em primeiro lugar que o consumidor colocasse essa embalagem num recipiente de recolha reservado aos plásticos; em segundo lugar seria necessário que a empresa de reciclagem separasse este tipo de embalagem de outras, por exemplo das garrafas de refrigerantes: existem cinco tipos principais de termo plásticos que têm de ser separados para permitir uma reciclagem em boas condições técnicas. Em terceiro lugar, seria necessário remover toda a sujidade. Apesar destes cuidados, a embalagem reprocessado não serviria para fazer uma embalagem idêntica, mas sim para produzir um objecto com menores exigências, por exemplo um vaso ou um cabide. O facto do pacote reciclado não servir para fazer uma nova embalagem idêntica à anterior, significa que novas matérias primas obtidas a partir da matéria - prima, vão ser gastas para alimentar esta indústria de produção crescente.
Assim, o que os alunos deste club fazem, é criar um objecto, dando uma utilização diferente daquela que era anteriormente. Esta é outra forma de reutilizar as embalagens o que normalmente não fazemos no dia a dia. Este exemplo está a ser seguído por outros alunos nas disciplinas das expressões artísticas, no entanto, gostaríamos que outros alunos sob a orientação de outros professores, pegassem neste exemplo e modificassem os seus comportamentos.

O núcleo de Educação Ambiental

terça-feira, 22 de abril de 2008

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"


Os trabalhos dos alunos do 6º D, referentes à semana final, não foram publicados devido a uma falha, por isso, são publicados hoje. As nossas desculpas.


Texto original 6º D


La camada de ozono
Todos vamos a proteger
Para hacer de nuestro planeta
Una mejor finca para vivir

El sol está a hacer
El hielo derretir
La humanidad puede desaparecer
Si esto continuar a acontecer

Alteraciones climáticas
No deben continuar
La atmósfera tienes que ayudar
Gases no debes lanzar

Si no recicles
El mundo estás a perjudicar
Usa fuentes renovables
Pues ellas son mucho amigables


Texto traduzido:

A camada de ozono
Todos vamos proteger
Para fazer do nosso planeta
Um melhor sítio para viver

O sol está a fazer
O gelo derreter
A humanidade pode desaparecer
Se isto continuar a acontecer

Alterações climáticas
Não devem continuar
A atmosfera tens de ajudar
Gases não deve lançar

Se não reciclas
O mundo estás a prejudicar
Usa fontes renováveis
Pois elas são muito amigáveis


Os alunos do 6º D

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

Os alunos participantes terminaram os trabalhos neste projecto, no entanto, estes foram apenas o princípio de outros comportamentos para que o mundo seja mais justo e melhor no futuro. Estes foram os elementos que estiveram sempre presentes durante os debates, para chegar a consensos.

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

Os alunos do 6º D e os alunos das escolas parceiras: CEIP Avileses (B), CEIP Avileses (B), ESPAÑA; CEIP Jaume Ferran i Clua (A), Valldoreix, Catalunya; CEIP La Angostura (A), Santa Brígida, ESPAÑA; CEPR. Ángel Campano (C), Gines, España; Col·legi Casp - Sagrat Cor de Jesús (A), Barcelona, Espanya; Escola Básica 2,3 de Cacia (E), Cacia, Portugal; Escola Básica 2/3 Bernardino Machado - Joane (D), Joane-Vila Nova de Famalicão, Portugal; Ippolito Nievo (B), San Casciano, Itália; Parroquial Marqués de Dos Aguas (A), Bétera, España, trabalharam neste projecto, cujo fruto é visível abaixo.

No al Cambio Climático!

Os enviamos nuestra estrofa

CATALAN

L’augment de temperatura
Impacta en la natura
I la Terra s’escalfa
Mentre amb forces s’aguanta
Tots junts aturarem la contaminació

CASTELLANO

El aumento de temperatura
Impacta en la natura
La Tierra se calienta
Mientras con fuerzas se aguanta
Juntos pararemos la contaminación

Col·legi Casp - Barcelona ( España )

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo

vamos seguro a lamentarlo.

poco a poco si reciclamos mas energia podremos conseguir

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.

Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.

La camada de ozono
Todos vamos a proteger
Para hacer de nuestro planeta
Una mejor finca para vivir

El sol está a hacer

El hielo derretir
La humanidad puede desaparecer
Si esto continuar a acontecer

Alteraciones climáticas
No deben continuar
La atmósfera tienes que ayudar
Gases no debes lanzar

Si no recicles
El mundo estás a perjudicar
Usa fuentes renovables
Pues ellas son mucho amigables

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.

Questo cambiamento
non avviene in modo lento,
se non ce la faremo
di caldo moriremo.
Su, dai! Togliamoci dai guai,
facciamo qualcosa per questi ghiacciai.
Il mondo è stravolto,
perché è cambiato molto.
Ma si può ritornare alla normalità
basta un po' di buona volontà.

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.

Quiero vivir, quiero soñar.
Que nuestra Tierra va a mejorar
Quiero vivir sin contaminar.
Y sin coches poder ir a trabajar
Los grados subirán
Y no habrá humedad.

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.

Caminhar, caminhar, caminhar...
Vamos tentar!
Reduzir o lixo e reciclar
Não percas tempo! Vamos poupar!
Poupar energia é a solução.
Plantar uma árvore e porque não?!
Mudar isto e muito mais!!!

Walk, walk, walk...
Let’s try!
Reducing the rubbish and recycling
Do not waste time! Let’s save!
Saving energy, is the solution.
Planting a tree, why not?!
Change this and much more!!!

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.

Hay que reciclar un monton , evitar las sequias y utilizarenergias alternativas.No utilizar mucho el coche y olvides replantar. No contamines mas.

¡Tierra!, hoy deberíamos cuidarte mejor,
si no, en el futuro serás un terrón.
Hoy hace frío, mañana hace calor,
el próximo llueve y al siguiente demasiado Sol.
Los Polos se derriten,
la Tierra se va a pique.
Es muy problemático
esto del Cambio Climático,
si no hacemos por solucionarlo
vamos seguro a lamentarlo.


Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

Trabalho dos alunos do 6º A e dos alunos das escolas parceiras:

San Antonio de Padua (A), Zaragoza, ESPAÑA

CEIP Nostra Llar (A), Sabadell, España

CEPR. Ángel Campano (A), Gines, España

Derioko Herri Ikastetxea (A), Derio, España

Escola Básica 2,3 de Cacia (D), Cacia, Portugal

Escola Básica 2/3 Bernardino Machado - Joane (A), Joane-Vila Nova de Famalicão, Portugal

Igantziko Eskola (A), Igantzi, Espainia

Ippolito Nievo (A), San Casciano, Italia

Parroquial Marqués de Dos Aguas (B), Bétera, España

The School of St. Jude (A), Arusha, Tanzania


Ayúdanos a parar el Calentamiento Global!

O gelo a derreter,
Focas, ursos e pinguins a desaparecer,
Florestas a acabar, toca a plantar!
Os ecopontos devemos usar
Para o mundo preservar;
Em vez de acelerar,
Por que não vai pedalar?

The poles melting
Seals, bears and penguins disappearing
Forests burning, let’s to plant!
The garbage containers we shall use
To save the world ;
Instead of speeding
Why don’t you bike?

Si nos concienciamos,
si colaboramos,
el futuro de todos nos garantizamos.

Hay que comprometerse,
para cuidar nuestra Tierra.
Queremos probar,

que la podemos salvar.

Parar el Calentamiento Global,
en nuestras manos está.

Ajudeu-nos a salvar la Terra
tots junts podem.
Si reciclem i no contaminem
ho aconseguirem.
De Terra només n'hi ha una,
l'hem de conservar.
La Terra s'escalfa
i ho hem d'impedir.
Si ens voleu ajudar
vosaltres ho heu de dir.

Si nos concienciamos,
si colaboramos,
el futuro de todos nos garantizamos.


Hay que comprometerse,
para cuidar nuestra Tierra.
Queremos probar,
que la podemos salvar.

Parar el Calentamiento Global,
en nuestras manos está.

La Tierra es nuestro planeta
si la perjudicamos
a todos destrozamos
no la destruyamos
No vamos a destrozar
lo que nustros antepasados lograron
La Tierra no desistirá
y en vida desierta se convertirá
la vida de los futuros humanos
está en nuestras manos.

Si nos concienciamos,
si colaboramos,
el futuro de todos nos garantizamos.

Hay que comprometerse,
para cuidar nuestra Tierra.
Queremos probar,
que la podemos salvar.


Parar el Calentamiento Global,
en nuestras manos está.

Texto original:

Os animais a desaparecer
O homem a poluir
O gelo a derreter
O nível da água a subir

Separar o lixo
É nossa obrigação
Nunca te esqueças
Que é a solução

O mundo está a aquecer
Temos de ajudar
Se continuar a poluir
O mundo pode acabar

Quando a última árvore cair
Quando o último rio tiver secado
Vais preceber
O verdadeiro significado

Texto traducido:

Los animales a desaparecer
El hombre a contaminar
El hielo a derretir
El nivel del agua a subir

Separar la basura
Es nuestra obligación
Nunca te olvides
¿Qué es la solución

El mundo está a calentar
Tenemos que ayudar
continuarse a contaminar
El mundo puede acabar

Cuando el último árbol caer
Cuando el último río hubiere secado
Vas preceber
El verdadero significado

Si nos concienciamos,
si colaboramos,
el futuro de todos nos garantizamos.

Hay que comprometerse,
para cuidar nuestra Tierra.
Queremos probar,
que la podemos salvar.

Parar el Calentamiento Global,
en nuestras manos está.

La Tierra es nuestra amiga,
la tenemos que cuidar.
Si no la cuidamos ...
la tierra morirá.

No podemos gastar y gastar,
tampoco podemos contaminar.
Por el contrario, a la Tierra hay que cuidar.

No podemos contaminar el aire que vamos a respirar.
A la Tierra debemos dar más aire sin contaminar.
La contaminación de la atmósfera podemos borrar,
para ello el CO2 no debemos lanzar.

A la Tierra de contaminación podemos librar.

Que la vida en la Tierra se acabe
es algo que podemos evitar.
Si todos colaboramos
la podremos salvar.

No podemos contaminar el mar,
porque a los seres vivos que en él viven,
debemos de salvar.
A la Tierra debemos de maquillar
con un traje de mar.

La Tierra está enferma,
la tenemos que curar.
A la Tierra debemos salvar
de todos los insensatos que la quieren hacer enfermar.

Si nos concienciamos,
si colaboramos,
el futuro de todos nos garantizamos.

Hay que comprometerse,
para cuidar nuestra Tierra.
Queremos probar,
que la podemos salvar.

Parar el Calentamiento Global,
en nuestras manos está.

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

Os alunos participantes terminaram os trabalhos neste projecto, no entanto, estes foram apenas o princípio de outros comportamentos para que o mundo seja mais justo e melhor no futuro. Estes foram os elementos que estiveram sempre presentes durante os debates, para chegar a consensos.
Fruto desse trabalho em conjunto foi escolhida a canção que irá permanecer para sempre na memória de todos.

S.O.S. - Mundo - Trabalho dos alunos do 6º B e dos alunos das escolas parceiras:

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos da Torre (I), Camara de Lobos, Funchal; CEIP El Goro (L)
El Goro - Telde, España; CEIP Enric Farreny (A), Lleida, Espanya; CEIP Nostra Llar (B), Sabadell, España; CEPR. Ángel Campano (B), Gines, España; Escola Básica 2/3 BernardinoMachado - Joane (B), Joane-Vila Nova de Famalicão, Portugal; ISTITUTO COMPRENSIVO MONTAGNOLA GRAMSCI, FIRENZE, ITALIA; San Antonio de Padua (A)
Zaragoza, ESPAÑA;

No volem més injustícies,
no volem inundacions.
Volem un món sense sequera
i sense massa calor.
Volem un món millor!
(No queremos más injusticias,
no queremos inundaciones.
Queremos un mundo sin sequía
y sin demasiada calor.
¡ Queremos un mundo mejor !)

O mundo precisa de ajuda
Vamos todos contribuir
Se trabalharmos em equipa
Nos vamos conseguir.

L'efecte hivernacle s'ha d'aturar:
Una persona pot gastar massa, i contaminar.
Llavors té calor i l'aigua no para de rajar.
Això s'ha d'acabar; ho em d'evitar,
la Terra hem de salvar.
__________________________________________

El efecto invernadero tiene que canviar:
Una persona puede gastar demasiado, y contaminar.
Entonces tiene calor y mucho agua tiene que usar...
Esto tiene que terminar, lo tenemos que evitar,
la Tierra tenemos que salvar.


O mundo precisa de ajuda
Vamos todos contribuir
Se trabalharmos em equipa
Nos vamos conseguir.

O nosso planeta devemos salvar
para a natureza podermos limpar
O mundo vamos proteger
para o lixo combater

Nuestro planeta debemos ahorrar
para la naturaleza poder limpiar
El mundo vamos a proteger
para la basura combater

O mundo precisa de ajuda
Vamos todos contribuir
Se trabalharmos em equipa
Nos vamos conseguir.

Texto original:

Tu vais mudar
A diferença fazer
Mas para isso acontecer
Terás de te esforçar

Se o mundo queres modificar
O buraco do ozono terás de o fechar
Para eu ver o mundo brilhar
E a alegria no ar

Alterações climáticas
Não pode ser
Para o mundo veres renascer
E o lixo desaparecer

De bicicleta vais andar
Para o fumo não te perturbar
A gasolina esgotar
E o cheiro terminar


Texto traducido:

Tu vas a cambiar
La diferencia hacer
Pero para eso acontecer
Tendrás que esforzarte

Si el mundo quieres modificar
El agujero del ozono tendrás del cerrar
Para yo ver el mundo brillar
Y la alegría en el aire

Alteraciones climáticas
No puede ser
Para el mundo veas renacer
Y la basura desaparecer

En bicicleta vas a andar
Para el humo no perturbarte
La gasolina agotar
Y el olor terminar

O mundo precisa de ajuda
Vamos todos contribuir
Se trabalharmos em equipa
Nos vamos conseguir.

Todos y todas unidas
lo podremos lograr,
cuidando el gasto de energía
sabiendo el agua no malgastar.
Plástico, papel y vidrio, debemos también …
reducir, reutilizar y reciclar.
Y por último …
tenemos que evitar contaminar.

No más emisiones de CO2
a la atmósfera hemos de lanzar,
o está claro que la Tierra
por mucho que queramos, no podrá soportar.
Un mundo para el futuro,
lleno de vida y bienestar.
Donde el desarrollo sea sostenible
es nuestro deseo lograr.

No lo dudes ni un momento,
lo vamos a construir.
Nada es imposible,
lo vamos a conseguir.

Poco a poco, sin descanso,
con nuestro esfuerzo y compromiso,
entre todos y todas,
en nuestra Tierra podremos vivir.

O mundo precisa de ajuda
Vamos todos contribuir
Se trabalharmos em equipa
Nos vamos conseguir.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Protecção dos Espaços Verdes

Os nossos espaços verdes necessitam de protecções. Os alunos têm andado distraídos, calcando e destruindo relva e os arbustos durante as suas brincadeiras. Com o plano de "Protecção dos Espaços Verdes" pretende-se que os alunos não não o façam da mesma forma. Durante as férias da Páscoa, alguns professores deram continuidade ao trabalho iniciado nas salas de aula de E.V.T. (construção de suportes de vedação), colocando os suportes e vedações nas mesmas. Hoje, dia 16 de Abril, durante a manhã, 4 professores, enfrentaram novamente as difíceis tarefas de furar, martelar, soldar, etc., para que os nossos canteiros verdes se mantenham bonitos e apetecíveis de olhar e admirar.

Núcleo de Educação Ambiental

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"





Os alunos das turmas do 6º A, B e D continuam a participar (3ª semana). Após votarem o refrão para a canção, leram as cartas com relatos verídicos de crianças que já estão a sofrer com as Alterações Climáticas.
Depois de reflectirem em grupo, apresentaram o trabalho que se segue:

Olá
Depois da votação do refrão, ouvimos atentamente a leitura das cartas, com os relatos vividos pelos nossos amigos que habitam os lugares mais longínquos do planeta. Estamos com eles na tentativa de melhorar as condições de todos. Temos de ser mais exigentes nos comportamentos que temos no dia-a-dia.
A turma do 6º B, reunida em grupos e após reflexão disse:
Grupo 1
As alterações climáticas
São uma chatice
Será que vai continuar
Até à nossa velhice?

Grupo 2
Se as alterações climáticas não queres causar
O lixo vais ter de separar
E para o mundo evoluir
Não podes poluir

Grupo 3
Se deixares de poluir
o mundo não vais destruir

Se as alterações climáticas não acabar
É porque ninguém está a ajudar

Grupo 4
Não devemos destruir
O nosso ambiente
Se nós o ajudarmos
Ele ficará contente

Grupo 5
Se animais queres observar
Se luz queres usar
Se ar queres respirar
Se floresta queres amar
Terás de pensar, antes de actuar

Os alunos do 6º ano, turma B


Olá

Já fizemos a nossa escolha. Ficamos contentes por verificar que todos se estão a empenhar no trabalho.
As cartas com os relatos vividos nas diversas zonas do planeta, irão sensibilizar ainda mais todos os participantes.
Os vários grupos da turma, reunidos em plenário, pensam poder contribuir para o planeta não poluir e acabar com as alterações climáticas. Não desperdiçando energia, não lançando gases para a atmosfera, andando de transportes públicos ou de bicicleta ou a pé.

Os alunos do 6º D



Olá
Os alunos do 6º ano, turma A, reunidos em grupos, reflectiram sobre as alterações climáticas e disseram:

Grupo 1
Se queres respirar
Não deixes as árvores cortar
Se queres viver
Não as deixes morrer

Se queres ver o mundo a crescer
Deixa as florestas viver
Não deites lixo para o chão
Se não queres ver um furacão

Grupo 2
A humanidade actualmente
Dá mais valor ao dinheiro
Do que ao meio ambiente

Quando a última árvore tiver caído
O último rio tiver secado
O último peixe for pescado
Vão entender o seu verdadeiro significado

Grupo 3
O mundo está a aquecer
O gelo a derreter
E os animais a desaparecer

O gelo a derreter
Os mares a aumentar
E os habitantes costeiros a desaparecer

Grupo 4
Se as pessoas não ajudar
O mundo vai acabar

Temos todos de poupar
Para o mundo ajudar

Grupo 5
Para o mundo melhorar
Todos temos de trabalhar

Se queres sorrir
O mundo não deves poluir

Se queres viver
Não deixes o gelo derreter

Grupo 6
Se o mundo estás a ajudar
Ele não vai acabar

Se o mundo está a aquecer
O gelo está a derreter

Se a natureza queres preservar
As árvores não deves cortar

Grupo 7
Com as árvores a acabar
O mundo pode para de girar
Os incêndios a começar
E o mundo a desabar

Com o gelo a derreter
A água a subir
Focas ursos e pinguins
Podem desaparecer

Os alunos do 6º A

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Projecto "Conectando Mundos, Alterações Climáticas"

Olá

As turmas do 6º A, B e D da nossa escola, vão continuar a participar neste projecto pela 3ª semana. Para quem não conhece este projecto, informamos que a participação é on-line com escolas de outros continentes e visa sensibilizar os alunos para o problema que é as alterações climáticas. Amanhã, quinta-feira, irão trabalhar como base o refrão criado e votado pela turma, através de palavras ligadas à temática "Alterações Climáticas. De seguida vão ler os outros refrãos criados pelas escolas parceiras da nossa.
Po último vão ler cartas com relatos verídicos de crianças que sofrem com as alterações climáticas e discutir o que é que é possível fazer para colmatar este problema. Trata-se de aprofundar as consequências sociais do aquecimento global.
Quem quer que se preocupe com o Ambiente não pode deixar de ler "O Sétimo
Selo", de José Rodrigues dos Santos.É mais do que uma sugestão de leitura,
é um apelo urgente!
Francisca

segunda-feira, 31 de março de 2008

Poluição

Introdução

Neste trabalho vamos falar da poluição. A poluição é um facto muito mau para a nossa saúde e vida no planeta mundo.

Também vamos falar dos vários tipos de poluição, o tempo que demora um resíduo a desaparecer e vamos apresentar algumas imagens que caracterizam a poluição.

Os nossos objectivos neste trabalho são essencialmente: saber mais um pouco acerca da poluição e mostrar os seus malefícios.

Poluição

A poluição pode ser considerada a libertação de elementos, radiações, vibrações, ruídos e substâncias ou agentes contaminantes num ambiente, prejudicando os ecossistemas biológicos ou os seres humanos.

Tipos de poluição

A poluição divide-se em vários tipos, devido à forma como é feita.

Tipos de poluição

A poluição divide-se em vários tipos, devido à forma como é feita.

Poluição atmosférica Poluição hídrica
Poluição do solo Poluição sonora
Poluição térmica Poluição Luminosa

A poluição atmosférica resulta da emissão de gases poluentes ou de partículas sólidas na atmosfera.

A poluição hídrica resulta da libertação de resíduos na água.

A poluição do solo consiste numa das formas de poluição, que afecta particularmente a camada superficial da crosta terrestre, causando malefícios directos ou indirectos à vida humana, à natureza e ao meio ambiente em geral.

A poluição sonora é o efeito provocado pela difusão do som num tom demasiado alto, sendo o mesmo muito acima do tolerável pelos organismos vivos, no meio ambiente.

Poluição térmica consiste no aquecimento das águas naturais pela introdução da água quente utilizada na refrigeração de centrais eléctricas, refinarias, siderúrgicas e indústrias diversas.

Poluição luminosa é um tipo de poluição, no qual a luz é enviada ao céu ofuscando os astros e prejudicando o trabalho dos astrónomos, de entre outros casos.

Conclusão

Depois de termos feito a nossa pesquisa decidimos que a natureza tem que ser protegida e, se não forem os adultos têm de ser os mais novos. Um bom ar puro, um grande colchão feito de relva dos espaços verdes, o mar azul com os peixes de mil cores, as nuvens branquinhas e as andorinhas fazem um mundo cheiroso e agradável onde toda a gente quererá viver.

Não devemos poluir, não devemos estragar o que a natureza nos dá.

Trabalho elaborado por:

* Ana Magalhães – 11 anos de idade, 6º B, Nº: 2

* Bruna Martins – 11 anos de idade, 6º B, Nº: 5

* Cláudia Silva – 12 anos de idade, 6º B, Nº: 9

* Daniela Peixoto – 11 anos de idade, 6º B, Nº: 10




Poluição


.

O homem tem transformado profundamente a natureza, destruindo espécies animais e vegetais, desviando cursos de rios, cortando montanhas, drenando pântanos e amontoando toneladas de detritos no ar, na água e no solo.
A saúde e o bem-estar do homem estão directamente relacionados com a qualidade do meio ambiente, isto é, com suas condições físicas, química e biológicas.
Entende-se por poluição a deterioração das condições ambientais, que pode alcançar o ar, a água e o solo.

Poluição do Solo

A poluição do solo é causada pelos lixos que as pessoas deixam no chão da sua casa, da sua rua, do jardim da sua cidade, do pinhal ou das matas quando fazem um piquenique… da berma das estradas quando vão de carro e atiram lixo pela janela… e também nas praias, quando, no final de um agradável dia de Verão passado à beira-mar, regressam às suas casas mas deixaram os restos e os lixos na areia.

Poluição da água

As águas subterrâneas, os rios, lagos e mares são o destino final de todo poluente solúvel lançado no ar e no solo.
Os resíduos constituem os principais poluentes presentes nos esgotos domésticos. Eles contêm principalmente restos orgânicos e bactérias coliformes. Tais poluentes causam distúrbios intestinais e intoxicações.
Os fertilizantes usados na lavoura, quando arrastados pela água da chuva, podem poluir rios e lagos.


A poluição atmosférica

A poluição atmosférica caracteriza-se basicamente pela presença de gases tóxicos e partículas sólidas no ar. As principais causas desse fenómeno são a eliminação de resíduos por certos tipos de indústrias (siderúrgicas, petroquímicas, de cimento, etc.) e a queima de carvão e petróleo, automóveis e sistemas de aquecimento doméstico.
O ar poluído penetra nos pulmões, ocasionando o aparecimento de várias doenças, em especial do aparelho respiratório, como a bronquite crónica, a asma e até o câncer pulmonar. Esses efeitos são reformados ainda pelo consumo de cigarros.

Chuvas ácidas

As chuvas ácidas, isto é, precipitações de água atmosférica carregada de ácido sulfúrico e de ácido nítrico. Esses ácidos, que corroem rapidamente a chapa dos automóveis, os metais de pontes e outras construções, além de afectarem as plantas e ocasionarem doenças respiratórias de pele nas pessoas, são formados pela emissão de dióxido de enxofre e óxidos de nitrogénio por parte de certas indústrias. Esses gases, em contacto com a água da atmosfera, desencadeiam reacções químicas que originam aqueles ácidos

Poluição Sonora

Vivemos rodeados de sons: pessoas que falam, máquinas e electrodomésticos que trabalham, a música de uma discoteca, automóveis que passam, crianças que brincam…

O aumento de ruídos no ambiente que nos rodeia provocou uma nova forma de poluição – a poluição sonora.

Poluição Luminosa

A poluição luminosa é provocada pelo desperdício de luz nocturna.

À noite, numa cidade, o céu fica menos estrelado do que numa aldeia.

Isso deve-se à iluminação artificial, muitas vezes utilizada de forma incorrecta e que gera uma outra forma de poluição - a poluição luminosa.

Cláudia Machado, nº 8, 6º B